Parafusadeira

Parafusadeira

Parafusadeira é a coqueluche do momento!

Alguns podem achar que uma chave de fenda é o bastante. Mas uma parafusadeira elétrica tem múltiplas funções, além de promover um trabalho mais rápido e seguro.

 

Parafusar ou Aparafusar?

As duas palavras existem na língua portuguesa. São palavras sinônimas e ambas estão corretas. Sempre que quisermos referir o ato de fixar com parafuso, podemos utilizar os verbos parafusar ou aparafusar. Exemplo:

– Ele parafusou a bicicleta / Ele aparafusou a bicicleta.

 

As palavras parafusar e aparafusar também podem significar o ato de pensar muito sobre um assunto. Utiliza-se mais o verbo parafusar nesse sentido. Exemplo:

– Ele ficou parafusando sobre aquele assunto.

 

O que é parafusadeira?

Parafusadeira é o nome dado à ferramenta similar a uma furadeira elétrica, que lhe auxilia a parafusar e tarraxar porcas e parafusos. Pode ser usada como furadeira também (em geral, além das chaves, o kit vem com algumas brocas finas).

 

Tipos:

A parafusadeira pode ser manual ou elétrica. Ainda temos a normal e com impacto

A parafusadeira manual é também conhecida como chave e as mais comuns são a chave de fenda, chave Phillps, chave de grifo e chave Allen. Todas elas funcionam da mesma maneira das eletrônicas, com a diferença que o movimento circular deve ser feito manualmente. Neste artigo iremos nos deter nas parafusadeiras elétricas.

A parafusadeira eletrônica tem o formato muito parecido ao de uma furadeira ou um revólver e, como o nome diz, ligada à tomada ou à bateria, produz o movimento de rotação para o trabalho. Pode ser de 3,5 volts a 18 volts (ver, abaixo, item “Como escolher Parafusadeira”).

 

Como diferenciar furadeira de parafusadeira de impacto?

Uma furadeira, geralmente no formato de uma pistola, cria somente um torque circular. Isso significa que uma furadeira irá girar a broca, mas toda a força descendente precisa ser feita por força humana.

Uma parafusadeira de impacto cria tanto o torque circular, quanto a força descendente. Isso acontece porque a parafusadeira de impacto tem um mecanismo acionado por mola que não está presente na furadeira.

De modo geral, uma parafusadeira de impacto é mais forte que uma furadeira convencional. Isso é verdade, tanto no quesito RPM (rotação) do mecanismo, quanto no torque (força) que produz.

Também há uma diferença no som produzido pelas duas ferramentas. Furadeiras tendem a zunir quando produzem o torque. Já as parafusadeiras de impacto, por causa de sua engrenagem pulsante e seu mecanismo, produzem um som de vibração quando usadas.

 

Como escolher uma parafusadeira:

 Três aspectos devem ser levados em conta antes de você comprar sua parafusadeira: aplicação (em madeira, metal, alvenaria ou concreto), tipo de uso (profissional ou “hobbista”) e tempo de uso (quantas horas a máquina ficará ligada).

Potência: as parafusadeiras de 3,5 volts são indicadas para serviços leves, como apertar caixinha de tomada e fazer manutenção de teclados de computadores. Já as de 4,8 volts servem para fazer manutenção em eletrodomésticos e parafusamentos de até 6 mm. As parafusadeiras de 9,6 volts podem ser usadas em madeira e em metal, com capacidade de broca de 10 mm e parafusos de 8 mm. Elas também podem ser usadas em montagem de móveis e em instalação de prateleiras. Os modelos de 12 volts devem ser utilizados em madeira, metal, alvenaria e drywall e tem capacidade de parafuso de 8 mm e brocas de até 10 mm. As parafusadeiras de 14,4 volts e 18 volts podem ter ou não impacto, que serve para facilitar a perfuração em concretos e alvenaria.

Outra coisa que se deve estar atento na compra de uma parafusadeira, é quanto à capacidade de ajuste de profundidade. Quanto mais profundo, melhor o acabamento.

Quem vai parafusar drywall ou gesso, atenção: é preciso ter um equipamento com muita rotação para fazer o serviço, sem causar danos ao material de base.

A maioria dos modelos funciona à bateria. Temos baterias de ion de lítio e as de níquel-cádmio. As primeiras recarregam mais rapidamente (15 a 20 minutos) e não possuem efeito memória (você não precisa esperar recarregar completamente). Já as segundas, precisam de 6 a 8 horas para recarregar.

 

Acessórios:

Para usar sua parafusadeira, você precisará dos bits (pontas de trabalho), das brocas e também de lubrificante para auxiliar na perfuração de metal.

As brocas das parafusadeiras são semelhantes às da furadeira , só que mais finas e delicadas.

A adaptação das brocas, em geral, é feita por mero encaixe, não necessitando apertos no mandril.

 

Como usar uma parafusadeira:

  1. Ajuste de profundidade: antes de utilizar uma parafusadeira, deve-se ajustar a ferramenta para o nível máximo de profundidade do parafuso, a fim de obter um melhor acabamento.
  2. Parafusar gesso: superfícies como drywall, gesso e gesso acartonado necessitam de mais rotação para o aparafusamento, evitando danificar o material.
  3. A ponta da parafusadeira deve ser trocada de acordo com o parafuso a ser tarraxado, ou a porca a ser rosqueada. As brocas devem ser escolhidas conforme o orifício desejado e depende da voltagem da parafusadeira (como visto acima).
  4. Muitos modelos vêm com a opção de inverão, ou seja, de desparafusar. Observe, na sua parafusadeira, a função desejada antes de iniciar o procedimento.

 

Conclusão:

Para o uso doméstico ou “hobbista”, aconselha-se uma parafusadeira de voltagem intermediária, entre 9 volts e 12 volts, com bateria de íon de lítio. Adquira um kit de bits (chaves) variado e de brocas adequadas à potência. Verifique se há a opção de inversão (desparafusar), também muito útil.

 

Segurança:

Use equipamentos de segurança toda vez que utilizar uma parafusadeira, como luvas, óculos de proteção e protetores de ouvidos.

Não permita que uma criança manipule a parafusadeira.

 

Lembre-se: se for adquirir uma parafusadeira, imprima este artigo (botão “imprimir” no final do texto) e leve consigo, para não esquecer de nenhum detalhe.

 

Resolva Você Mesmo - Comentários

Deixe seus comentários sobre este artigo, aqui abaixo:

 

Você pode gostar também de...