COMO TROCAR UMA LÂMPADA FLUORESCENTE

Trocar uma lâmpada fluorescente não é um bicho de sete cabeças como muita gente imagina.
Quando uma lâmpada não ascende e tem uma coloração escurecida em uma das extremidades ou nas duas, temos um forte indicativo que ela está realmente, queimada.
Caso, trocar a lâmpada e o problema continuar, você deve substituir o reator. Consulte nosso artigo de COMO TROCAR UM REATOR DE LÂMPADA FLUORESCENTE.

Você poderá também visualizar os procedimentos, no VÍDEO abaixo:

 

 

 

PASSO A PASSO:
A) Existem vários tamanhos e voltagens para lâmpadas fluorescentes. Antes de comprar, veja as especificações. Anote em um papel ou leve a lâmpada até a loja para fazer a compra certa. Feito isso, você pode iniciar a troca.
B) Desligue o interruptor de luz para cortar a energia. Caso, tenha dúvida se a corrente elétrica está realmente interrompida, desligue o disjuntor correspondente ou a chave geral do seu quadro de força.
C) Remova da luminária os acabamentos, como enfeites, presilhas, grelhas e aletas para acessar a lâmpada. Existem muitos modelos no mercado, mas não são difíceis de desmontar.
D) A lâmpada estará conectada a um soquete, de ambos os lados. O soquete é uma peça ligada ao reator. Ele tem orifícios, onde estão encaixados os pinos da lâmpada. Desta forma, a lâmpada recebe energia elétrica para funcionar.
E) Segure a lâmpada fluorescente com uma das mãos e com a outra mão, puxe delicadamente, os soquetes para desconectar a lâmpada. Cuidado para não derrubá-la no chão e provocar um acidente.
F) Descarte a lâmpada queimada em local adequado. Não deve ser deixada em lixo comum.
G) Conecte a nova lâmpada aos soquetes, encaixando os pinos nos furos.
H) Ligue a energia para verificar se está tudo funcionado.
I) Monte sua luminária e aproveite uma iluminação perfeita.

 

Resolva Você Mesmo DICAS:
– Evite quebrar uma lâmpada fluorescente, pois no seu interior, há um gás tóxico, à base de mercúrio. Em caso de acidente, procure orientação médica. Também por esse motivo, descarte a lâmpada queimada em locais apropriados e protegendo o máximo possível para se evitar que quebre no manuseio do lixo.
Economia: todos sabemos que as lâmpadas fluorescentes consomem menos energia que as incandescentes. Contudo, toda vez que você liga uma lâmpada fluorescente há um consumo energético grande, por parte do reator. Por isso, para que haja economia de energia, não fique ligando e desligando a lâmpada. Diferentemente das lâmpadas incandescentes, uma vez ligada, deixe para desligar somente quando terminar todas as atividades naquele ambiente.
– Veja também , COMO TROCAR UMA LÂMPADA ROSQUEADA

Você pode gostar também de...